Tóquio está mais próximo de Montemor-o-Velho e Sevilha do que, à primeira vista, o mapa-mundo permite observar. A seleção nacional de velocidade continua a pagaiar rumo à preparação que vai permitir lutar pelas vagas de acesso aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, que, este ano, se discutem no Campeonato do Mundo de Velocidade, a realizar, entre 21 e 25 de Agosto, em Szeged (Hungria).

O Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho, “casa” da velocidade da canoagem portuguesa, recebe o 7.º estágio da Equipa Nacional Sénior Feminina e do K1 1.000 metros Masculino. Além de Fernando Pimenta, a comitiva, orientada pelo técnico Hélio Lucas, integra Joana Vasconcelos, Teresa Portela, Francisca Laia, Márcia Aldeias e Francisca Carvalho.

Em Sevilha, a Equipa Nacional de Kayak Sénior Masculino realiza o 6.º estágio de preparação, com o foco apontado ao Mundial de Szeged. Orientada pelo técnico Rui Fernandes, a comitiva portuguesa vai manter-se em solo espanhol até ao próximo dia 15 de Fevereiro, com os canoístas Emanuel Silva, João Ribeiro, David Varela, Messias Baptista e Hugo Rocha.