Portugal é candidato a receber, em 2023, o Campeonato do Mundo de Velocidade. Promovida pela Federação Portuguesa de Canoagem, com o apoio da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho e do Governo, a candidatura lusa não está sozinha na corrida, uma vez que concorre com as cidades de Duisburgo (Alemanha), Moscovo (Rússia),Plovdiv(Bulgária) e Poznan (Polónia).

A decisão sobre a proposta vencedora para receber, em 2023, o Mundial de Seniores será tomada na reunião da Federação Internacional de Canoagem, agendada para os dias 15 e 16 deste mês, na China.

O Mundial de 2023 assume contornos de elevada importância, uma vez que corresponderá à prova que ditará o apuramento para os Jogos Olímpicos Paris 2024, constituindo-se esta como mais uma boa razão para a Federação Portuguesa de Canoagem ambicionar a organização do campeonato.

O Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho recebeu, em 2018, o Campeonato do Mundo de Velocidade, competição elogiada pelo elevado nível competitivo e organizativo, que deixou as entidades mundiais da canoagem muito satisfeitas com a prestação irrepreensível da Federação Portuguesa de Canoagem.

Este ano, o Mundial de Velocidade está marcado para Szeged, na Hungria, entre os dias 21 e 25 de agosto. Uma prova que vai ditar os apurados para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Vítor Félix lembrou que, “depois de 2019, esta é a prova mais importante”, uma vez que, explicou, “ditará o apuramento para os Jogos Olímpicos Paris 2024”.

Com a realização, no ano passado, do Campeonato do Mundo de Velocidade, em Montemor-o-Velho, e do Mundial de Maratona, em Prado, a Federação Portuguesa de Canoagem “fechou um ciclo”, razão pela qual “está, agora, preparada para iniciar outro”.

“O objetivo é continuar, de forma regular, a realizar eventos desta dimensão”, anunciou o presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, com o propósito de promover a capacidade organizativa dos portugueses, mas também “ter capacidade para fazer investimento nas infraestruturas”, dando como exemplo “a torre de chegada em Montemor-o-Velho”.

Importa revelar que a Federação Portuguesa de Canoagem é, também, uma das candidatas a acolher, em 2022, em Montemor-o-Velho, o Campeonato da Europa de Velocidade de Juniores e de Sub-23. O presidente federativo lembrou que Portugal vai receber, em 2021, o Mundial de Juniores e de Sub-23, em Montemor-o-Velho, bem como, em 2022, em Ponte de Lima, o Campeonato do Mundo de Maratona.

Emílio Torrão afirmou que o município de Montemor-o-Velho está “ao lado” da Federação Portuguesa de Canoagem, com o autarca a destacar, de seguida, a “cumplicidade notável” existente entre as duas instituições. “Esta candidatura e a possibilidade de vir a receber, mais uma vez, um Campeonato do Mundo mais não é do que o reconhecimento da qualidade da organização portuguesa e do espaço excelente que temos em Montemor”, concretizou.