Portugal vai estar representado na Atlantic Ocean Surfski, primeira Taça do Mundo de Canoagem de Mar de 2020, que decorre, no sábado, em Lanzarote, nas Canárias (Espanha). Além do sénior João Santos (Clube Naval de Sesimbra), a Equipa Nacional conta com o sub-23 Henrique Cerqueira (Alhandra Sporting Club) e os juniores Bernardo Pereira (Clube Naval da Calheta) e Micaela Silvestre (Clube Náutico do Litoral Alentejano).

“Em 2021, o Campeonato do Mundo de Canoagem de Mar vai ser disputado em Lanzarote”, informou Rui Câncio, com o Técnico Nacional a assumir o objetivo de “os atletas ficarem a conhecer as condições da prova”. Apesar de reconhecer que os resultados dos portugueses na Canoagem de Mar “ainda estão longe dos resultados das outras disciplinas”, sublinhou o facto de “a Federação estar a apostar e a mostrar que acredita nesta disciplina”.

Segundo Rui Câncio, “é a primeira vez que vamos a uma Taça do Mundo de Canoagem de Mar fora do país”, dando conta que, em Lanzarote, importa “dar experiência aos atletas, aumentar a motivação e analisar o que é que falta, ou não, ao nível do trabalho que está a ser feito”. Importa referir que, este ano, entre 1 e 6 de setembro, Viana do Castelo e esposende recebem o Nelo Summer Challenge - Campeonato do Mundo de Canoagem de Mar.

De referir que a Atlantic Ocean Surfski, em Lanzarote, vai contar com a presença de mais uma dezena de portugueses em representação de clubes nacionais. Marcada para sábado, entre as 9h00 e as 15h00, a competição é constituída por três etapas, que totalizam 40 quilómetros. Em 2019, nas Canárias, Bernardo Pereira conquistou o 3.º lugar na prova de juniores.