A preparação dos atletas lusos integrados no Projeto Olímpico continua em curso, com os convocados da Seleção Nacional a cumprirem, em diferentes zonas de Portugal, os planos traçados pelos técnicos nacionais. Apesar dos condicionalismos impostos pela pandemia de Covid-19, o trabalho não para, com os atletas a estarem comprometidos com rigorosos planos de segurança, de forma a evitarem o contágio.

Numa fase em que as deslocações se encontram bastante condicionadas em todo o país, os atletas da Seleção Nacional aproveitam os excelentes espelhos de água existentes em Portugal para darem seguimento ao trabalho, num ano de 2020 que limitou, de forma avassaladora, a presença em competições internacionais.

Em Avis, no Alto Alentejo, Fernando Pimenta e Joana Vasconcelos, acompanhados pelo técnico Hélio Lucas, cumprem, até ao dia 27 de novembro, o plano de preparação idealizado para este final de 2020. Medalhados na única Taça do Mundo de Velocidade realizada este ano, em Szeged, na Hungria, os dois atletas apontam aos Jogos Olímpicos de Tóquio, transferidos de 2020 para 2021 devido à Covid-19.

Apurado para os Jogos Olímpicos, o K4 Sénior Masculino encontra-se, até ao dia 21 de novembro, a estagiar em Ferreira do Zêzere. Acompanhados pelo técnico Rui Fernandes, os atletas Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Batista e David Varela já tinham estado em estágio no Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho, de 2 a 14 de novembro.

Também em estágio encontram-se as atletas da Seleção Nacional, Teresa Portela e Francisca Laia. A primeira treina, até ao dia 27 de novembro, em Espanha, em Pontevedra, enquanto a segunda trabalha, até ao próximo dia 28, no Gerês, em Terras de Bouro, onde também estão as canoas seniores masculinas de Bruno Afonso e Marco Apura, que integram, igualmente, o Projeto Olímpico e estão acompanhados pelo técnico Jaroslav Radon.