Com vista à preparação da Seleção Nacional que vai representar Portugal no Campeonato do Mundo de Velocidade de Juniores e Sub-23, previsto para 2021, entre 15 e 18 de julho, no Centro de Alto Rendimento (CAR) de Montemor-o-Velho, a Federação Portuguesa de Canoagem tem vindo a promover vários estágios com os atletas que, no próximo ano, vão ter a possibilidade de defender as cores nacionais em mais uma competição internacional.

Como tal, de 23 até 28 de novembro, os atletas com idade júnior vão estagiar em Montemor-o-Velho, com a delegação lusa a ser constituída por 16 canoístas, que estarão acompanhados pelos técnicos nacionais João Tiago Lourenço, Leonel Correia e Jaroslav Radon.

Adolfo Ferreira, António Ribeiro, Vítor Pinho, Rodrigo Santos, Gabriel Marques, Pedro Casinha, João Duarte, Ana Quintão de Brito, Joana Ramos, Beatriz Bessa, Micaela Silvestre e Maria Santos são os “kayaks de serviço”, com Martim Azevedo, Joel Miranda, Diogo Silva e Beatriz Fernandes a serem os convocados nas canoas.

De 23 de novembro a 5 de dezembro, as canoas sub-23 vão estagiar em Montemor-o-Velho, com o técnico Jaroslav Radon a orientar os atletas César Soares, Diogo Silva, Márcia Faria, Beatriz Lamas e Inês Penetra.

Os sub-23 femininos iniciaram o estágio em Terras de Bouro no dia 9 deste mês, permanecendo até 21 de novembro na zona do Gerês, acompanhados pelo técnico Leonel Correia. Maria Oliveira, Maria Brandão, Inês Costa, Francisca Carvalho, Maria Rei, Mafalda Germano e Sara Sotero são os canoístas portugueses presentes no estágio.