A espetacularidade do slalom está de regresso a Amarante, com a realização do Campeonato Nacional de Slalom 2020, agendado para os dias 28 e 29 de novembro (sábado e domingo). Com um percurso de 150 metros, com corrente, obstáculos naturais e portas de grau 2 e 3, a Pista do Penedo do Açúcar dá palco à última prova do calendário competitivo da Federação Portuguesa de Canoagem em 2020, ano marcado por profundas alterações causadas pela pandemia de Covid-19.

Organizado pela Federação Portuguesa de Canoagem, em parceria com o Aventura Marão Clube, o Campeonato Nacional de Slalom vai contar com a presença de 75 canoístas em representação de oito clubes. Aventura Marão Clube, Águas Bravas Clube, Associação Desportiva de Amarante, Darque Kayak Clube, Douro Canoa Clube, Clube Náutico Barquinhense, Grupo Desportivo Nabância e Clube Náutico de Angra do Heroísmo são os emblemas representados em Amarante.

Os treinos oficiais estão agendados para sábado, entre as 9h00 e as 15h00, com a competição a decorrer no domingo, a partir das 9h00, nas águas do Rio Tâmega. Em disputa vão estar os títulos nacionais de K1 e C1 nos escalões de seniores, juniores, cadetes, infantis e veteranos A, B, C e D (masculinos e femininos). Em 2020, o Campeonato Nacional de Slalom é constituído por duas mangas, com uma eliminatória e a final. A prova está aberta apenas a embarcações monolugares, com a competição de C2 e de patrulhas a não entrarem, este ano, devido à Covid-19, na lista de provas.

Em virtude da crise pandémica que o país atravessa, a Federação Portuguesa de Canoagem volta a colocar em prática, a exemplo de competições anteriormente realizadas em 2020 em território nacional, um apertado plano de procedimentos de proteção de todos os agentes envolvidos no Nacional de Slalom, de forma a diminuir ao máximo o risco de contágio e a obedecer às normas impostas pela Direção-Geral da Saúde.